KIT MÍDIA Contato

por: Marcio Nato Rodrigues - Curitiba(PR)

Data: 20/09/2017 às 09h28min - Atualizada em 20/09/2017 às 09h28min
..

O servidor Eduardo Mayeshiba Tanaka, que atua no Departamento de Educação Especial (DEE) da Secretaria de Estado da Educação, conquistou o segundo lugar no Sul-americano Open de Jiu-jitsu 2017, realizado no dia 17 na cidade do Rio de Janeiro. A competição foi organizada pela Confederação Brasileira de Desportos de Surdos (CBDS) e reuniu surdoatletas do Brasil, Argentina, Chile e Paraguai.



Eduardo decidiu o título com o brasiliense Wilson Arrais na categoria meio pesado (até 88 quilos). Ele contou que ficou emocionado por ser o único paranaense na competição e por servir de exemplo para pessoas com surdez.



“Fiquei bastante emocionado pela oportunidade de mostrar que a pessoa com surdez pode fazer o que ela quiser. Queria ser um exemplo e incentivar pessoas com algum tipo de deficiência a praticar alguma modalidade esportiva”, disse.



Eduardo é faixa marrom e pratica o esporte há 13 anos. Ele já participou do Campeonato Brasileiro de jiu-jitsu para ouvintes e surdos, Campeonato Brasileiro de jiu-jitsu para ouvintes e surdos, Campeonato Paranaense para Surdos e agora do Torneiro Sul-Americano. “Praticar alguma modalidade esportiva muda a vida para melhor”, frisa.



O servidor revelou que iniciou no esporte por questão de saúde. Hoje ele dedica uma hora e meia durante três dias da semana para praticar o esporte. “Cuida da saúde e melhora a autoestima”, garante Tanaka.



Fonte AEN



Paranaense é vice-campeão sul-americano de jiu-jitsu