KIT MÍDIA Contato

por: Marcio Nato Rodrigues - Curitiba(PR)

Data: 11/10/2017 às 16h11min - Atualizada em 11/10/2017 às 16h15min
..

Desde o início do ano, a gestão do Prefeito Rafael Greca vem investindo em áreas verdes, entretenimento e cultura também para os pequenos cidadãos

Neste dia 12 de outubro, as crianças de Curitiba têm muito o que comemorar. E não é apenas por conta das festas promovidas nesta quinta-feira para marcar a data dedicada a elas, mas por todas as ações da Prefeitura e do prefeito Rafael Greca nas áreas de educação e cultura. 

Educação ambiental

A reabertura do Bosque Reinhard Maack, com a recuperação dos brinquedos de madeira e o conserto de quatro que estavam interditadas nos últimos anos, mudou a educação ambiental de Curitiba e a programação das famílias aos finais de semana ensolarados. O local, no Hauer, recebe grupos de estudantes de segunda a sexta-feira e aos sábados, domingos e feriados, fica à disposição da comunidade.

Com a mesma proposta de preservação, a cidade vem implantando os Jardins de Mel, com o objetivo de trazer de volta as abelhas nativas sem ferrão para garantir a polinização das plantas. “A ideia deste projeto é multiplicar as abelhas nativas e corrigir as distorções causadas pela poluição e especulação imobiliária. Se as abelhas acabassem, o mundo se acabaria”, destaca o prefeito. 

O primeiro fica no Parque Barigui, um espaço é lúdico para que as crianças se interessem em saber mais sobre as espécies que fazem parte do projeto - jataí, manduri, mirim, mandaçaia e guaraipo. Outro local especial é a Casa do Acantonamento do Zoológico de Curitiba, reaberta em outubro após total revitalização e recebe alunos do 5º ano da rede municipal de ensino têm informações sobre o Meio Ambiente e os cuidados dos animais. 

Linhas do Conhecimento

Mais de 10.500 crianças e adolescentes que frequentam as escolas, centros municipais de educação infantil, turmas da educação de jovens e adultos e os que estão em inclusão já participaram do Linhas do Conhecimento. O programa da Prefeitura, lançado neste ano, proporciona descobertas em ricas aulas de campo por toda a cidade, em mais de 40 espaços.

A ideia do prefeito Rafael Greca representa uma evolução do Linhas do Conhecimento da década de 1990, quando ele foi prefeito de Curitiba pela primeira vez. “Queremos que os nossos estudantes aprendam muito e saibam falar de Curitiba com conhecimento, que saibam a história, que amem a cidade que é deles”, diz.

Musicalização

Na cultura, tem destaque o projeto de descentralização do Conservatório de MPB para as Regionais de Curitiba, lançado na Regional Cajuru, dentro da programação do Mutirão da Cidadania. A ação visa intensificar o desenvolvimento infanto-juvenil por meio da música, oferecendo um curso integrado de musicalização para crianças e adolescentes no contraturno escolar. Durante este semestre, as aulas ocorrem duas vezes por semana, com 2h30 por turno.



Inicialmente os cursos serão implementados nas regionais Cajuru e Tatuquara e até o final do ano de 2019, deverá chegar a todas as demais. O projeto foi elaborado a partir de um plano pedagógico sob a supervisão da professora Ângela Deeke Sasse, docente na UNESPAR – Campus I – Escola de Música e Belas Artes do Paraná e PUCPR, com a colaboração da maestrina do coro da Camerata Antiqua de Curitiba, Mara Campos, da professora Cristiane Alexandre da Escola Paidéia e dos professores Guilherme Romanelli da UFPR e Luís Bourscheidt do IFPR – Campus Curitiba.



Fonte: PMC



12 de Outubro, Dia das Crianças